Ano Novo

Escrito por Valter Junior.

Parece que estamos no meio de uma tempestade que ainda no acabou. Em circunstncias assim no nos preocupamos com o tempo, em que dia estamos, que ms ou em que ano estamos. O ano se transforma apenas e to somente em uma referncia fria para a localizao de eventos no tempo.

O tempo que aguardamos no est de alguma forma assinalado em um calendrio. O nosso tempo o partido e repartido, mas o tempo de Deus bem diferente.

Aguardamos o ponto em que no tempo de Deus teremos alvio para a dor. Embora nossas vidas no girem em torno disso, sempre que doe e doe sempre, pensamos no dia em que a dor deixar de existir e pedimos a Deus que nos mostre o que fazer enquanto esse dia no chega.

Esperar sem que seja em Deus quase sempre nos leva a muitas frustraes, assim buscamos assumir uma atitude mais proativa, enquanto doe estamos mais pedindo a Deus que nos mostre o que tem para que ns faamos do que rogando que a dor passe, pois sabemos que o fim da dor certo e se aproxima a cada dia.

Sentimos que no estamos nos distanciando do dia em que nos despedimos de meu pai e de Glaucia, mas sim nos aproximando do dia em que vamos reencontr-los. Cada dia que passa estamos mais perto do cu.

Enquanto isso, cremos que seremos mais consolados ao consolar, receberemos mais ao dar, teremos mais companhia ao acompanhar, seremos mais cuidados ao cuidar.

Enquanto estivermos concentrados em viver a vontade de Deus, em algum momento no conhecido por ns, seremos interrompidos por Sua volta ou por Seu chamado a que voltemos pra casa. Teremos chegado ao fim sem saber em que ano, novo ou velho, foi.

Feliz vida com Deus, mesmo em meio a dor. A dor vai passar, a vida e a felicidade com Cristo so eternas.